Filho encontra mãe após 20 anos e descobre que são colegas de trabalho

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Um final feliz e um tanto inusitado encerrou uma busca de duas décadas. Benjamin Hulleberg, morador dos Estados Unidos, reencontrou a mãe biológica após procurá-la por 20 anos, e descobriu que os dois trabalhavam no mesmo lugar. O caso ocorreu no St. Mark’s Hospital, em Utah (EUA).

O jovem estadunidense de 20 anos foi adotado logo após o nascimento. A família adotiva fez questão que ele soubesse a própria história, e sempre foi acolhedora com o desejo do filho de reencontrar a mãe biológica.

Mas Benjamin, apesar de escrever cartas, e investigar arquivos e pistas, não conseguia encontrar quem lhe deu à luz. Na outra ponta da história, Holly Shearer, que ficou grávida na adolescência, revelou ao programa de TV Good Morning America, da rede de TV ABC, que nunca esqueceu o filho.

“Ele sempre esteve na minha mente. Mais ainda em feriados e no aniversário dele. Era uma montanha-russa de emoções. Pensei nele o tempo todo”, confessou. Ela chegou a encontrar o filho nas redes sociais, mas teve receio de fazer contato.

Foi apenas no 20º aniversário de Benjamin que Holly criou coragem para enviar uma mensagem a ele. Após combinarem um encontro em um restaurante, os dois descobriram que trabalhavam no mesmo hospital – ela, como assistente da equipe médica, e ele, como voluntário.

“Este é um dia que eu esperava nos últimos 20 anos da minha vida. Ver que finalmente estava acontecendo foi incrível. Foi muito para assimilar”, revelou o filho. Além da mãe, Benjamin descobriu que tem dois irmãos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.